Associação S.O.S. Naylla

Naylla

História de Naylla

Naylla de Souza Rodrigues nasceu em 14 de fevereiro de 2017, faleceu em 04 de junho de 2020 com quase 3 anos e meio de idade.

Apesar da pouca idade, ela sonhava em fazer uma viagem à Suíça e estudar para dar uma vida melhor aos pais.

Uma criança sorridente e feliz com um sonho, uma vida e uma família desfeita por uma trágica morte em um acidente de barco a motor (uma Rabeta).

A 5 horas de barco de Maués, No Rio apocuituaua zona Rural de Maues floresta amazônica tem onde ela voltava para a fazenda com seus pais, após ter ido tomar as vacinas, seu cabelo ficou preso no motor do barco. causando sangramento interno.

Perdido no meio da floresta, seu pai teve que remar duas horas antes de encontrar outro barco que lhes permitisse voltar a Maues, para chegar ao hospital, uma viagem de 7h ao todo. Ele então teve que atravessar a cidade para ir do porto ao hospital, carregando sua filha nos braços, o que levou mais 40 minutos.

Naylla morreu no local no hospital. Sua morte poderia facilmente ter sido evitada, caso a área fosse equipada com um veloz barco ambulância, permitindo que os primeiros socorros fossem dados e a área da selva até a vila de Maués mais rapidamente.

É em memória desta menina que nossa associação nasceu e levou seu nome. Financiar um barco-ambulância para dar primeiros socorros e chegar ao hospital em 40 minutos em vez de 7 horas com os barcos nativos.